Cookies: O nosso site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site está a concordar com a Política de Cookies. Saiba mais aqui. Continuar
Fechar
A campanha mudou, mas o seu Saco de Pedidos não sofreu alterações.
Por mudar de campanha, o seu Saco de Pedidos foi atualizado.

Respeito pelos Direitos dos Animais

A segurança dos nossos consumidores é a principal preocupação da AVON. Comprometemo-nos a vender apenas produtos seguros, utilizando para isso apenas ingredientes de qualidade nos nossos produtos cosméticos e cumprindo as leis vigentes nos mais de 100 países em que os produtos AVON são vendidos. De acordo com este compromisso, também temos um profundo respeito pelos direitos dos animais.

Em Junho de 1989, a AVON anunciou que não iria testar produtos em animais e que também não o faria em testes realizados fora dos nossos laboratórios. A AVON foi a primeira grande empresa de cosméticos do mundo a pôr fim aos testes com animais. A AVON tem corroborado de forma independente a segurança dos seus produtos sem testar em animais há mais de 20 anos.

A AVON não solicita nem leva a cabo testes com animais para comprovar a segurança ou eficácia de nenhum dos seus produtos ou ingredientes.

As nossas avaliações de segurança utilizam informação obtida a partir de modelos computacionais, testes in vitro (tubos de ensaio/cultivos de células) e testes clínicos em voluntários, assim como informação já existente.

A legislação de alguns países pode exigir que alguns produtos sejam submetidos a testes extraordinários que podem potencialmente incluir testes em animais, sob a tutela de uma agência do governo ou de saúde. Nestes casos, a AVON tenta persuadir a autoridade requerente para não realizar testes em animais. No caso de esta tentativa não ser bem sucedida, a AVON tem de cumprir a lei do país e submeter os produtos a testes adicionais. Em 2011, isto afetou menos de 0,3% dos produtos AVON.

A AVON tem tabalhado de forma ativa no desenvolvimento, implementação e aceitação métodos alternativos para conduzir testes nos seus produtos desde os anos 80, trabalhando para identificar e desenvolver novas alternativas junto de outras empresas de cosméticos e organizações extermas. O Vice Presidente de Product Safety & Integrity (Segurança e Integridade de Produtos) da AVON colabora com o Scientific Advisory Panel (Comissão de Aconselhamento Científico) do Institute of In Vitro Sciences, Inc. (Instituto de Ciências In Vitro), uma organização não lucrativa de investigação que se dedica ao desenvolvimento de métodos in vitro sem animais, a nível mundial. Recentemente, a AVON tornou-se mecenas da American Society for Cellular Computational Toxicology (Sociedade Americana para a Toxicologia Computacional Celular). Da mesma forma, a AVON continua a apoiar o FRAME - Fund for the Replacement of Animals in Medical Experiments (Fundação para a Substituição de Animais nos Testes Médicos) no Reino Unido, o Center for Alternatives to Animal Testing (Centro de Alternativas aos Testes com Animais) da Universidade Johns Hopkins nos EUA e a European Partnership for Alternative Approaches to Animal Testing (Associação Europeia para a Pesquisa de Alternativas aos Testes com Animais).

Os nossos esforços foram reconhecidos em 1993 no World Congress on Alternatives and Animal Use in the Life Sciences: Education, Research and Testing (Congresso Mundial de Alternativas e Uso de Animais nas Ciências da Vida: Educação, Investigação e Ensaios). Também em 1993, a AVON recebeu um prémio de reconhecimento pelo Centro Universitário Johns Hopkins para Alternativas aos Testes nos EUA pela nossa dedicação ao cumprimento do princípio dos 3 Rs (Refinamento, Redução, Reposição) e o uso de testes alternativos para validar a segurança dos produtos.

Como reflexo desta mesma preocupação com os direitos dos animais, a Fundação AVON – Cruzada Contra o Cancro da Mama não apoia investigações médicas que utilizem animais. Em 2011, a Fundação AVON angariou 740 milhões de dólares (549,9 milhões de euros) destinados ao cuidado e pesquisa de uma cura para o Cancro da Mama.

Perguntas e Respostas

Pensava que a AVON não fazia testes em animais. Porque é que a PETA colocou a AVON na lista de empresas que fazem estes testes?

O compromisso da AVON de não testar os seus produtos em animais continua o mesmo desde há 20 anos. Nada mudou e continuamos em conversações com a PETA sobre este tema. Sempre declarámos de forma clara que a AVON não faz testes com animais "exceto quando a legislação a isso obriga". A AVON comercializa os seus produtos em mais de 100 países e uma quantidade mínima desses países tem leis que obrigam a testar alguns produtos com animais. Estas leis afetam todas as empresas, não apenas a AVON. Evidentemente, a AVON não pode infringir estas leis. No entanto, em cada caso, a AVON faz um grande esforço para persuadir a autoridade requerente a aceitar outro tipo de testes, sem animais.

Quantos produtos são testados em animais?

A AVON oferece aproximadamente 9.000 produtos em mais de 100 países e em 2011 menos de 0,3% desses milhares de produtos AVON foram testados em animais, de acordo com a legislação de alguns países. O nosso objetivo é obter um total de zero. É importante ressalvar que a AVON verifica de forma independente a segurança dos seus produtos sem testar em animais. Isto acontece porque o nosso programa de segurança de produtos se baseia no princípio de oposição a testes desnecessários em animais e respeito pelos direitos dos animais. Em 1989, a AVON foi a primeira grande empresa de cosméticos do mundo a implementar uma política contra testes em animais. A única razão para que um produto seja testado em animais é o facto de que alguns governos não aceitam o uso de métodos científicos igualmente válidos como alternativa para comprovar a segurança dos produtos.

Se estes requisitos legais em alguns países não são novos e a posição da AVON não mudou, por que é que esta questão surgiu agora, e por que é que a AVON passou da lista da PETA de empresas que não testam em animais para a lista de empresas que o fazem?

Embora não possamos falar em nome da PETA, acreditamos que decidiram ser mais intransigentes com o objetivo de fazer mudar as leis dos poucos países que ainda requerem testes de cosméticos em animais. A AVON e a PETA partilham o objetivo comum de convencer esses governos a aceitar outras alternativas científicas igualmente válidas aos testes em animais. A AVON trabalha com outras empresas de beleza internacionais para aumentar a aceitação de alternativas à experimentação animal em todo o mundo. A AVON é apenas uma das muitas empresas de beleza internacionais que enfrentam o mesmo problema. As únicas empresas que não enfrentam este problema são aqueles que vendem os seus produtos num número limitado de países.

Que medidas globais está a AVON a tomar para resolver este problema?

A AVON tem vindo a trabalhar há décadas para promover alternativas aos testes com animais. O Vice Presidente de Product Safety & Integrity (Segurança e Integridade de Produtos) da AVON colabora com o Scientific Advisory Panel (Comissão de Aconselhamento Científico) do Institute of In Vitro Sciences, Inc. (Instituto de Ciências In Vitro), uma organização não lucrativa de investigação que se dedica ao desenvolvimento de métodos in vitro sem animais, a nível mundial. Recentemente, a AVON tornou-se mecenas American Society for Cellular Computational Toxicology (Sociedad Americana para a Toxicologia Computacional Celular). Da mesma forma, a AVON continua a apoiar o FRAME - Fund for the Replacement of Animals in Medical Experiments (Fundação para a Substituição de Animais nos Testes Médicos) no Reino Unido, o Center for Alternatives to Animal Testing (Centro de Alternativas aos Testes com Animais) da Universidade Johns Hopkins nos EUA e a European Partnership for Alternative Approaches to Animal Testing (Associação Europeia para a Pesquisa de Alternativas aos Testes com Animais). Para além disto, a AVON trabalha de perto com este problema em conjunto com outras empresas da indústria da Beleza através do US Personal Care Products Council (Comité de Produtos de Cuidado Pessoal dos EUA).

É possível saber que países requerem testes em animais?

Como empresa que comercializa com países em todo o mundo, a AVON não considera correto indicar nenhum país ou governo em particular. No entanto, esta informação está disponível em várias organizações que defendem os direitos dos animais como a Humane Society (Sociedade Humana dos EUA) e a PETA.
Sou contra os testes em animais. Posso continuar a utilizar produtos AVON com total confiança?

Pode ter a certeza de que a AVON partilha a sua opinião e compromisso. A oposição aos testes em animais tem sido um dos princípios básicos do programa de segurança de produtos AVON desde 1989. A AVON continua a trabalhar de forma ativa para fomentar a utilização de alternativas aos testes em animais em todo o mundo. Como citado acima, em 2011 menos de 0,3% dos nossos aproximadamente 9.000 produtos tiveram de ser submetidos a testes adicionais requeridos por certos governos. A nossa meta comum é acabar completamente com todas as obrigações de testes em animais onde quer que existam em todo o mundo.

{{UI.LoadingMessage}}