Cookies: O nosso site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site está a concordar com a Política de Cookies. Saiba mais aqui. Continuar
Fechar
A campanha mudou, mas o seu Saco de Pedidos não sofreu alterações.
Por mudar de campanha, o seu Saco de Pedidos foi atualizado.
Direito dos Animais

Direito dos Animais

A Avon não realiza testes em animais para comprovar a segurança dos seus produtos ou ingredientes...

Respeito pelos Direitos dos Animais

Os produtos Avon vendidos pela Avon Portugal não são testados em animais. A Avon não realiza testes em animais para comprovar a segurança dos seus produtos ou ingredientes e foi a primeira grande companhia de cosmética a acabar com os testes em animais há quase 30 anos.

 

No entanto, a China, um país em que operamos, exige legalmente testes em animais para produtos que designa como “uso especial” - como protetores solares e desodorizantes - vendidos na China, bem como cosméticos comuns importados para a China. O governo chinês realiza os testes em laboratórios credenciados pela Administração Chinesa de Alimentos e Medicamentos. A AVON não concorda que os requisitos de testes em animais da China sejam necessários para substanciar a segurança de produto e está empenhada em ajudar a acabar com a prática de testes de produtos de beleza em animais na China. A Avon apoia o desenvolvimento de alternativas para testes em animais, trabalhando em parceria com organizações científicas que estão a desenvolver novas abordagens para a avaliação de segurança de produtos sem a utilização de animais. A AVON também trabalha com as associações da indústria de produtos de cuidados pessoais para ajudar a avançar com a aceitação pelo governo de métodos de teste que não envolvam animais, com o objetivo de acabar com os testes em animais.

A AVON está comprometida em minimizar o número de produtos que exigem testes pelo governo chinês. Nenhum produto da AVON que tenha sido testado na China é vendido em qualquer mercado da AVON na Europa, Médio Oriente, África ou América Latina. O nosso objetivo é que nenhum produto da AVON que tenha sido testado na China seja vendido em qualquer outro país, além da China, a partir do final de 2019.

 

 

Perguntas e Respostas

A Avon faz testes em animais?

Não. A Avon não realiza testes em animais e foi a primeira grande companhia a acabar com os testes em animais há quase 30 anos.

 

A Avon Portugal vende produtos testados em animais?

Nenhum produto da Avon vendido pela Avon Portugal é testado em animais.

 

Se a Avon não faz testes em animais, por que razão a PETA inclui a Avon na lista de empresas que realizam testes em animais?

Embora a Avon não realize testes em animais, a PETA inclui a Avon na sua lista de empresas que vendem produtos de beleza na China. A China exige legalmente testes em animais para produtos designados como de “uso especial” – tais como protetores solares e desodorizantes - vendidos na China, bem como cosméticos comuns importados para China. O governo chinês realiza os testes em laboratórios credenciados pela Administração Chinesa de Alimentos e Medicamentos.

 

Todos os produtos da Avon testados na China são vendidos noutros países?

Nenhum produto da Avon que tenha sido testado pela China é vendido em qualquer país da Europa, Médio Oriente, África ou América Latina. O nosso objetivo é que os produtos Avon que foram testados pela China deixem de ser vendidos em qualquer outro mercado Avon, exceto a China, a partir do final de 2019.

 

Por que razão os produtos da Avon não exibem um logotipo "livre de crueldade"?

Quando um mercado da Avon deixa de vender produtos da Avon que foram testados pela China, esse mercado da Avon explorará as opções para logotipos “livre de crueldade” nos seus produtos. Nenhum produto da Avon que tenha sido testado pela China é vendido em qualquer país da Europa, Médio Oriente, África ou América Latina. O nosso objetivo é que os produtos Avon que foram testados pela China deixem de ser vendidos em qualquer outro mercado Avon, exceto a China, a partir do final de 2019.

 

O que a Avon está a fazer para mudar a política de testes em animais da China?

A Avon não concorda que os requisitos de testes em animais da China sejam necessários para garantir a segurança de produto e está empenhada em ajudar a acabar com a prática de testes em animais de produtos de beleza. A Avon apoia o desenvolvimento de alternativas aos testes em animais, trabalhando em parceria com organizações científicas que estão a desenvolver novas abordagens para a avaliação de segurança sem a utilização de animais.

 

Quais os produtos da Avon que o governo chinês testa em animais?

A China exige legalmente testes em animais em produtos que designa como de “uso especial"- como protetores solares e desodorizantes - vendidos na China, bem como cosméticos importados para a China.

 

Por que razão a Avon não deixa de vender produtos na China?

Estamos otimistas em como a influência da Avon sendo a Companhia líder global em cosmética pode ajudar a promover a aceitação pelo governo chinês de métodos de teste alternativos com o objetivo de acabar com os testes em animais. Trabalhamos em parceria com organizações científicas que estão a desenvolver novas abordagens para a avaliação de segurança de produto sem a utilização de animais, bem como com associações da indústria de produtos de cuidados pessoais. Sentimo-nos encorajados ao ver progressos nas negociações com as autoridades chinesas. Por exemplo, em 2014, a China acabou com os testes em animais que eram obrigatórios para muitos "cosméticos comuns", incluindo maquilhagem, cuidado da pele, produtos para cabelo e unhas e fragrâncias produzidos na China.

 

Como a Avon garante a segurança dos seus produtos sem testes em animais?

A segurança dos clientes da Avon é de suma importância e nós garantimos a segurança dos nossos produtos de acordo com as normas globais e regulamentos locais. Utilizamos métodos de teste que não envolvem animais, como a aplicação de dados existentes, modelagem computacional e testes in vitro para garantir a segurança dos produtos cosméticos da marca Avon.

 

 

 

 

 

Propostas Alternativas a testes animais

A Avon está há muito tempo comprometida em ajudar a acabar com os testes de produtos de beleza em animais. Há décadas que a Avon apoia o desenvolvimento de alternativas aos testes em animais.

A Avon continua a apoiar o desenvolvimento de alternativas para testes em animais apoiando organizações científicas que estão a desenvolver novas abordagens para a avaliação de segurança de produto que não utilizam testes em animais. A Avon também trabalha com associações da indústria de produtos de cuidados pessoais para ajudar o progresso da aceitação de métodos de teste pelo governo que não envolvam animais, com o objetivo de acabar com os testes de produtos de beleza em animais na China.

Destaques das parcerias da Avon para promover alternativas aos testes animais incluem:

 

Instituto de Ciências Inovadoras (IIVS)

Os cientistas da Avon têm desempenhado desde há muito tempo um papel ativo como membros do Comité Científico. O Painel Consultivo do Instituto de Ciências Inovadoras (IIVS), uma organização não lucrativa de pesquisa e testes dedicada ao avanço de métodos de teste não-animais em todo o mundo. A Avon também é membro do Conselho da Indústria da IIVS para o Avanço da Aceitação Regulatória de Alternativas (ICARAA), um grupo de trabalho que promove atividades específicas destinadas a acelerar o adoção de métodos que não envolvam animais por agências governamentais, como a Administração Chinesa de Alimentos e Medicamentos.

 

Centro de Alternativas para Testes em Animais na Universidade John Hopkins

A Avon é um defensor de longa data do Centro de Alternativas para Testes em Animais na Universidade John Hopkins, que apresentou à Avon uma Prémio de Reconhecimento pela sua dedicação aos princípios dos 3Rs (substituição, redução e refinamento) e a utilização de testes alternativos para avaliação de segurança. A Avon financiou o primeiro projeto do Centro para alternativas à utilização de animais em testes de alergia de contato em 1988.

 

Fundo para a Substituição de Animais em Experiências Médicas

Na Europa, a Avon apoia há muitos anos o Fundo para a Substituição de Animais em Experiências Médicas (FRAME) no Reino Unido. O FRAME é dedicado ao desenvolvimento de métodos novos e válidos que substituirão a necessidade de animais de laboratório em pesquisa médica e científica, educação e testes.

 

Parceria Europeia para Abordagens Alternativas ao Ensaio Animal (EPAA)

A Parceria Europeia para Abordagens Alternativas aos Ensaios em Animais (EPAA) é uma colaboração voluntária entre a Comissão Europeia, Associações comerciais europeias e empresas de sete setores da indústria. Os membros estão comprometidos em reunir conhecimento e recursos para acelerar o desenvolvimento, validação e aceitação de abordagens alternativas à utilização de animais em testes regulatórios. O objetivo geral é a substituição, redução e refinamento (3Rs) da utilização de animais para testes.

 

Cosmetics Europe e o Conselho de Produtos de Higiene Pessoal

A Cosmetics Europe e o Conselho de Produtos de Cuidado Pessoal são as associações da indústria de cosméticos e produtos de higiene pessoal da Europa e dos EUA, respetivamente, das quais a Avon é um membro ativo. Estas associações industriais estão a trabalhar com as autoridades chinesas para explicar como as empresas da UE e dos EUA usam métodos não animais para garantir a segurança dos seus produtos, com o objetivo de acabar com esta prática desnecessária na China.

{{UI.LoadingMessage}}
[View|Representative_Attach_Not_Available]